quinta-feira, 31 de março de 2011

Narval, o unicórnio dos mares

O narval é um cetáceo que vive no ártico e apresenta um prolongamento de um dente incisivo no maxilar superior com um crescimento em espiral típico, que proporciona uma aparência de unicórnio. Esta presa está presente apenas no macho como um caráter sexual e é utilizada não para combates reais, mas para rituais onde os machos estabelecem e confirmam sua hierarquia para acasalamento. Seus parentes mais próximos são as belugas, golfinhos, botos e orcas.

Os machos adultos podem pesar cerca de 1600 kg e as fêmeas 1000 kg. Assim, há um dimorfismo sexual puro entre os sexos, não só pela ausência da presa longa nas fêmeas. Sua pele lisa é branca ou pálida com pontos pretos. Os jovens são escuros, mas eles se tornam cada vez mais pálidos à medida que envelhecem. A cabeça é arredondada e suas mandíbulas têm dentes cônicos curtos, típico de todos os cetáceos.

O narval forma grupos de 10-20 indivíduos nas baías e fiordes do norte do Canadá e da Gronelândia ocidental, onde é mais freqüente. Às vezes, eles se reúnem em grupos muito maiores de centenas, talvez milhares de indivíduos, populações menores vivem no litoral da Rússia e da Noruega. O narval é um animal migratório, seus grupos avançam em direção ao litoral no verão e voltam no inverno, quando o gelo se expande. Eles cuidadosamente movem-se entre as rachaduras e os buracos ao longo das bordas da calota de gelo, mergulhando para buscar sua alimentação em águas mais profundas dessas áreas. No início da primavera, eles se movem novamente em direção ao litoral.

É um grande mergulhador de profundidade, capaz de mergulhar até 800 a 1500 m no inverno. Cada mergulho pode durar 25 minutos, à procura de comida. No verão, as águas costeiras são rasas e o narval mergulha somente de 30 a 300 m de profundidade.Além dos Inuits que ainda caçam narvais para a subsistência, ursos polares e as orcas são os principais predadores naturais dos narvais. Os ursos polares, por exemplo, podem se beneficiar de um adulto ou jovem confinado entre as rachaduras na plataforma de gelo para atacar e comer. O narval possui uma dieta bastante especializada, formado por lulas, camarões e Bacalhaus.


Fonte: http://oceanexplorer.noaa.gov

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...