quinta-feira, 17 de março de 2011

Cientista alemão prevê nova Idade do Gelo se aproximando

Um número crescente de cientistas verificou varias vezes seus dados, analisaram os ciclos solares, os ciclos climáticos e as amostras de gelo do Ártico. O que eles perceberam é o que esta para acontecer: uma nova Idade do Gelo, que poderia deslocar nações inteiras, destruir as economias frágeis e trazer a morte por congelamento para até um quinto da população mundial. Segundo alguns, uma nova mini-idade do gelo pode ocorrer em menos de cinco a dez anos. E esses são os otimistas.
Os pessimistas acreditam que a Terra está girando em direção a uma Idade do Gelo de pleno direito, o tipo que dura milhares de anos. O tipo que mudou a forma dos continentes e esculpiu os gigantescos lagos de água doce, como os Grandes Lagos, no Meio-Oeste norte dos Estados Unidos. O tipo de desastre climático planetário que quase exterminou a raça humana inteira a cerca de 12.000 anos atrás.

Ciclos

Tudo no universo é cíclico. O clima não é exceção. Idades do gelo vêm e vão em ciclos. Dois ciclos primários existem: o ciclo da mini-Idade do Gelo e as grandes glaciações. Ambos os tipos de refrigeração são destrutivas. Algumas regiões tornar-se-ão praticamente inabitáveis, com estações de crescimento extremamente reduzidas, enquanto as áreas do Sul podem sofrer secas devastadoras.

Se o planeta está realmente à beira de uma grande Idade do Gelo, alguns especialistas prevêem que a camada de gelo da Antártica vai partir nas bordas e engrossar em direção ao meio. Isso é exatamente o que está acontecendo durante a última década. De acordo com as provas colhidas a partir de amostras de gelo, os ciclos da idade do gelo normalmente são precedidos por um breve aquecimento na atmosfera por anos seguidos de maior precipitação e séculos ou milênios de resfriamento.
Apesar da falta de visão de alguns homens públicos e cientistas sobre o aquecimento global - que estão reagindo de forma exagerada ao breve aquecimento antes do resfriamento global maciço, alguns climatologistas com clareza de pensamento têm acompanhado as tendências de uma nova Era Glacial desde década de 1970.

Thomas Globig

Infelizmente, as vozes de preocupação foram caladas pela mídia e a histeria política sobre o aquecimento global forjado. Agora, os seres humanos podem estar prestes a enfrentar algo muito, muito pior."É bem possível que estejamos no início de uma Pequena Idade do Gelo", afirmou Thomas Globig, cientista meteorológico alemão. Como o frenesi sobre o aquecimento global realizado pelo homem irá morrer, a morte lenta de milhares cortes de verbas irá acontecer e os cientistas estão desesperados tentando interpretar o que está aconteceu com o sol, o que vai acontecer com a Terra, como os balanços do sistema solar em alinhamento com o núcleo galáctico, possivelmente irá expor o planeta a energias extremas, e porque a Terra pode entrar de pleno direito na Idade do Gelo, em menos de dez anos.

O relógio está correndo

Os climatologistas e heliologistas concordam que no prazo de 30 anos, o sol vai se calar, resultando em uma queda dramática do aquecimento solar. Os estágios iniciais dessa atividade já estão sendo sentidos. Todos esses fatores, de uma maneira ou de outra, têm ou terão um impacto significativo sobre o clima futuro. O impacto não é favorável. E, novamente, cada um desses eventos é cíclico. "Eu acho que é mesmo possível que o gelo do Ártico se espalha de forma significativa nos próximos anos", disse Globig para um site alemão do tempo. “O impacto da atividade solar sobre o clima tem sido criminosamente subestimado por muito tempo."
Suécia

Durante as últimas semanas de novembro e as primeiras semanas de dezembro de 2010, as anomalias climáticas surpreendentes vêm ocorrendo: a temperatura de Cuba mergulhou em direção ao ponto de congelamento, históricas mega-tempestades golpearam a costa oeste dos EUA, as temperaturas da Europa caiu do sul até o Mediterrâneo; A Suécia teve o maior frio dos últimos 1000 anos e na Austrália teve uma nevasca recorde, uma semana antes do início do verão.A Inglaterra lutou contra o maior frio visto em muitas centenas de anos. "O que realmente vai acontecer depende dos próximos cinco a dez anos", acredita Globig. Ele vê duas principais causas para o resfriamento significativo: primeiro, as mudanças cíclicas nas grandes correntes de ar sobre o Atlântico e, segundo, as variações na atividade solar.
Como o clima está mudando e está com um pé na Era do Gelo, os padrões climáticos do mundo, irão inverter drasticamente. Novamente, isso é exatamente o que Globig vê que está acontecendo. "As condições meteorológicas sobre o Oceano Atlântico está de cabeça para baixo", explicou Globig. "Agora o ar frio do pólo dispõe de muito espaço para fluir para a Europa, e é isso que está acontecendo.” As chances parecem favorecer uma aproximação da Idade do Gelo e Globig tende a concordar. "Vamos ter que abandonar algumas previsões climáticas.” Talvez a previsão do tempo vá realmente se tornar muito mais fácil. Dia após dia, a previsão será: "Mais Frio, com a possibilidade de mais neve."


Fonte:http://www.helium.com

11 comentários:

Flavia disse...

ninguem preve nada disso.So cientas falidos que têm que ganhar dinheiro de alguma maneira.
Nao se pode acreditar em tudo que existe.
As pessoas poem uma carga negativa e irreal nas coisas.
Quantas e quantas previsoes fizeram,e quais foram as que se concretizaram?
bem,deixo este execelente site.

http://astropt.org/blog/2008/08/22/2012/

Papo de Mulher disse...

mas so agora que eles perceberam que vai acontecer de novo o que aconteceu a milhoes de anos atras???

cleber disse...

toda essa mudança pode ser consequência do projeto HAARP.
"Conspiracy theory with Jesse Ventura - HAARP"

vitor disse...

Mas se ele previu uma nova idade do gelo, nao falou quando sera, uma previsao de tantos anos, mas uma coisa você pode ter certeza, uma era do gelo é muito pior do que um aquecimento global;

Iona disse...

êeeeeeebaaaaaaaaaaa ! *-*


ele podia falar q eh em 2012 pelomenos para as pessoas q acreditam, acreditarem nele..

Marcioebc disse...

Legaallll !!!

Vou comprar um par de esquis !!!!

Um snowboard tbm !!!

:DDDDD

RMetal disse...

Por favor né gente... já to cansado de ver gente só falando besteiras em comentários, deveriam sentir vergonha, antes de comentar algo recomendo estudar sobre o assunto. Não que eu esteja defendendo o tal cientista... mas parece que tudo que se fala de modo negativo é desacreditado em 1 seg... como se tudo fosse belo e perfeito, por favor né...

Independente desse tal cientista ou não, para quem já estudou sobre o passado da Terra, sabe que a Terra tem ciclos que de 100.000 em 100.000 anos, 90.000 são de era do gelo e 10.000 são de "tempo quente", isso acontece regularmente na Terra desde sempre... nunca foi novidade isso, e também sabemos que desde a última vez, realmente estamos na época de transição para uma nova era do gelo, porém é muito difícil prever quando isto ocorrerá por falta de conhecimento sobre como isso ocorre, apenas podemos imaginar que esse ciclo tem algo haver com o Sol óbviamente.

A questão é que isso pode ocorrer nesse século, no próximo, apenas no próximo milênio ou talvez daqui a mais de 1 milênio... porém um aquecimento forte antes de uma grande era do gelo faz sentido sim, embora me parece mais provavel que o aquecimento global realmente ter sido por culpa do homem, já que ele começou exatamente quando se começaram a criar fábricas e máquinas que poluem a atmosfera...

Devo lembrar também que a poucos séculos atrás, se não me engano ali por 1.600, houve uma pequena idade do gelo... o que poderia ser um sinal da chegada da grande era do gelo.

Bom, de qualquer forma precisamos ter mais conhecimento sobre o Sol e sobre a Terra para realmente saber se uma era do gelo está vindo... de qualquer forma se não estiver vindo agora, cedo ou tarde virá, seria bom se os países se comprometessem a fazer prevenções para quando ela chegar, com isso assegurando a vida das pessoas durante essa eóca dificil que certamente chegará algum dia.

luis disse...

e obvio que ele nao previu mas ele falo que pode ocorre uma mudança climatica nos proximos 5 a 10 anos é só lê interpretar e raciocinar um pouco nao ir dizendo que o cara nao sabe de nada...

Maria disse...

Só sei que quando eu tinha 19 anos ninguem no Rio de janeiro aguentava usar uma bota além dos meses de junho ,julho e agosto, hoje com 56 anos, aqui no rio usa-se botas em pleno janeiro, mês conhecidos por seus 40°, se passaram em apenas 36 anos, o inverno deste ano aqui na zona norte do Rio lugar que apresenta as temperaturas mais quente chegou a fazer 6°, em São Paulo uma temperatura de 14° no verão, acho que estão colocando dinheiro no projeto errado.

julianomb disse...

Bom não gosto muito de previsões mas todo mundo esta vendo que o clima do planeta esta uma verdadeira loucura temos que nós preparar para o pior não podemos descartar a hipótese de uma era glacial isso é um assunto serio e delicado não pode ser tratado com ironia! Se isso realmente acontecer floresta inteiras desapareceram do mapa e varias especies serão extintas e muitos humanos morreram.

Élsio Leocádio disse...

E vai acontecer mais cedo ou mais tarde todos os ciclos acabam por se realizarem de novo, formando um circulo vicioso. Por vezes pode ser mais bruscos do que no passado porque a influência da raça humana nas mudanças do planeta são enormes.
Possivelmente quando o sol teve o seu pico mais baixo, quando ocorreu a era glaciar na terra, no planeta vermelho é possível ter existido vida, pelo que a temperatura deve ter baixado e assim ter existido vida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...