quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Uma bactéria nunca antes vista foi encontrada nos destroços do Titanic

A bactéria Halomonas titanicae foi encontrada em rusticles (rusticles é uma formação de oxidação semelhante às estalactites encontradas nas cavernas) das estruturas porosas e delicadas que se formaram no ferro enferrujado do transatlântico RMS Titanic.Várias bactérias e fungos vivem no seio dessas estruturas delicadas - identificadas pela primeira vez no Titanic - na verdade,elas se alimentam do metal enferrujado.A descoberta é descrita no International Journal of Systematic and Evolutionary Microbiology.

Rusticles

Amostras de rusticles do Titanic foram recolhidos em 1991 pelo robô submarino Mir 2.Os rusticles são muito delicados e são estudados por muitos pesquisadores de bactérias da Universidade de Dalhousie, pelo Centro de Ciência de Ontário, no Canadá e pela Universidade de Sevilha, na Espanha onde foi isolada a bactéria H. titanicae das amostras.
Eles seqüenciaram o DNA da bactéria antes de descobrir que se tratava de um novo membro do gênero Halomonas.As bactérias são de especial interesse porque pode lançar luz sobre o mecanismo pelo qual se forma os rusticles e, portanto, sobre a "reciclagem" geral de que tais micróbios realizam em estruturas metálicas submersas.



Halomonas titanicae

Isso, ressalta os autores, tem relevância também para a proteção das tubulações de petróleo e gasodutos, e a eliminação segura no mar de navios e plataformas petrolíferas.


Fonte: http://www.bbc.co.uk

Um comentário:

Eliseu Luiz disse...

Olá amigo gostei do post muito legal é bom ver a criatividade de posts únicos na net já que o que a maioria do pessoal hoje só faz copiar o que já é tão manjado continue o bom trabalho sucesso a você, lhe convido a conhecer e a prestigiar nosso trabalho no caixadepandora.net quem sabe possamos fazer uma eventual parceria

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...