segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Você sabia que os animais também gostam de bebidas alcoólicas?

As bebidas alcoólicas são famosas em todo o mundo e sua diversidade é bastante ampla. No entanto, não só entre os seres humanos que há o consumo de bebidas alcoólicas, os animais também apreciam o seu gosto. Agora vamos apresentar alguns animais que gostam de se embriagar com frutas doces e alguns fermentados. Veja agora nove animais que consomem álcool:

1- Bombycilla garrulus
Não são apenas os seres humanos que se entregam a bebida durante a temporada de férias.Os Bombycilla garrulus, nativos do norte da America do Norte e de Eurasia, amam as bagas das árvores de Rowan, que fermentam quando o tempo está mais frio, produzindo álcool.
A maioria dos pássaros apenas obtêm um pouco de zumbido. Mas outros não sabem quando parar. Alguns ficam " bêbados", o que pode infelizmente significar acidentes fatais com edifícios e de acordo com a National Geographic , duas colisões foram registradas este ano.No outono passado, vários pássaros ficaram tão intoxicados que tiveram que ser admitidos na unidade de saúde animal no Yukon, no Canadá para ficarem sóbrio. Aqueles que não foram capazes de se recuperar, no entanto, tiveram que ir para reabilitação, no Yukon Wildlife Preserve.

02- Musaranhos
Estes animais adoram uma cerveja e consomem todas as noites em seu habitat na Malásia, de acordo com um estudo de 2008 publicado na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências, o néctar da palma que possui um conteúdo alcoólico semelhante a cerveja . Eles passam cerca de duas horas por noite bêbados. No seu caso, isso ajuda a protegê-los contra o risco cardiovascular e a ingestão de alimentos indevidos como"petiscos".

03- Morcegos
Assim como os pássaros, os morcegos se embebedam com frutas fermentadas. Mas, ao contrário dos Bombycilla garrulus, os morcegos na América Central e do Sul são capazes de lidar com o álcool. De acordo com um estudo de 2009 em Belize publicado pela PLOS One, o maior teor de álcool no sangue (BAC) que foi testado nos morcegos foi de 0,3%. Para colocar isto em perspectiva, é ilegal dirigir nos Estados Unidos com um BAC de mais de 08%. No estudo, os morcegos foram capazes de voar com sucesso através de obstáculos, usando a ecolocalização. 

04- Macacos Vervet do Caribe
Sua dependência por álcool começou há 300 anos quando descobriram a cana-de-açúcar fermentada durante o auge da era de plantação deste vegetal. Os jovens consomem mais do que os adultos, embora a maioria prefira água. Como 5% da população são alcoólatras alguns macacos ainda se atrevem a roubar bebidas de seres humanos nos bares de praia.

05- Golfinhos de dentes rugosos
Mais do que o álcool, o que eles consomem se encaixa em narcóticos, eles gostam de ingerir baiacu, um peixe cujo veneno é segundo a revista Discover , 50 milhões de vezes mais mortal do que a maconha, 40.000 vezes mais perigoso do que o metanfetamina, e mais fatal do que o veneno da viúva negra. Uma dose do veneno, conhecida como tetrodotoxina, pode matar golfinhos e seres humanos. Ele vai fazer você se sentir entorpecido, antes de causar a paralisia do corpo inteiro, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

06- Abelhas
As abelhas podem ficar bêbadas com néctar fermentado, causando acidentes de vôo. Algumas abelhas ficam tão bêbadas que nem sequer se lembram de como chegar em casa. Mas, é ainda mais trágico para as abelhas que conseguem encontrar o caminho de volta para a colmeia. O entomologista Errol Hassan afirma que algumas colmeias impõem severas penas para abelhas apanhadas voando sob a influência do álcool, e até mesmo atacando à pobre abelha  bêbada. Mas, aparentemente, é legal na comunidade das abelhas consumir nicotina e cafeína. Em um estudo da Universidade de Haifa em 2010 , as abelhas preferiam o néctar que continha nicotina e cafeína ao invés  do néctar normal. Felizmente para as abelhas, a nicotina é produzida naturalmente pelo néctar floral de árvores de tabaco, enquanto a cafeína é encontrada em citros.

07- Lagartas
As lagartas do Peru e na Colômbia se alimentam inteiramente de folhas de coca, a planta da qual a cocaína é derivada. Pesquisadores da Ohio State University estudaram as lagartas da América do Sul há 10 anos para descobrir como eles podem consumir tanta cocaína, sem morrer. Os cientistas descobriram que a lagarta era imune à parte tóxica da coca, o que significa que elas não são mortas por overdose. No entanto, a pesquisa foi inconclusiva.

08- Renas
Há duas coisas que você provavelmente não sabia sobre a Sibéria: a ligação entre as renas e os cogumelos que são abundantes nesta parte do planeta. Então, é natural que os animais procuram cogumelos como fonte de alimento. Então, não são somente os seres humanos são os únicos mamíferos que desfrutam de uma viagem alucinógena com cogumelos. 

09- Elefantes
Existem vídeos no YouTube que afirmam mostrar elefantes bêbados destruindo aldeias depois de comer frutas de marula fermentadas. Mas, de acordo com a BBC, os elefantes são tão grandes que necessitaria enormes quantidades de marula para deixá-los bêbados. A fim de ficar realmente embriagados, um elefante teria que comer 400% mais frutas do que normalmente faz, sem beber qualquer água.
Um estudo de 1984 publicado no Boletim da Sociedade Psicológica descobriu que os elefantes podiam comer fruta suficiente para ter um pouco de "zumbido". Nesse estado, eles se tornaram mais preguiçosos ao comer e tomar banho - não exatamente um comportamento de um animal alcoolizado.

Fonte: http://www.planetacurioso.com/

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...