quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O que é o inverno nuclear?

Existem atualmente 11 paises, com capacidade de produzir armas nucleares. Se apenas dois deles detonassem 50 bombas cada um do tamanho usado em Hiroshima, que foi equivalente a cerca de 15 mil toneladas de TNT, seria suficiente para causar o pior desastre climático na história da humanidade. Em teoria, o uso dessas 50 bombas seria inferior a 0,03% da estimativa de estoques de armas nucleares existente no mundo. Os fatores psicológicos inerentes a um cenário de guerra nuclear, certamente leva à troca de uma maior proporção dos estoques mundiais de armas nucleares, estimado em mais de 30 milhões de megatons.
Mísseis balisticos intercontinentais
Conforme explicação dada por Alan Roebok em 2009, mesmo um pequeno surto provocaria danos globais à camada de ozônio devido às reações químicas com o óxido de nitrogênio da estratosfera atingida pela fumaça das cidades em chamas, das florestas e reservas de combustível. Os animais e as plantas já não estariam protegidos dos raios ultravioletas. As colunas de fumaça se esgotariam em 25% nas primeiras semanas, mas o resto que circulam o globo em ambos os lados do Equador durariam meses e até anos, causando perdas de até 99% na luz solar que atinge a Terra.
Bomba atômica
Isso resultaria na escuridão, fazendo com que as plantas morressem de fome por falta de fotossíntese: a capacidade de produzir carboidratos na presença de luz solar. Por sua vez, os animais também passariam fome. Cidades morreriam de fome também porque a reserva de alimento seria inadequada e seria impossível sustentar a vida por anos até que a produção de alimentos fosse recuperada. A falta de luz solar diminuiria as temperaturas na superfície da terra e dos oceanos e alteraria o padrão dos sistemas de vento. As temperaturas cairiam para abaixo de zero, mesmo no verão nas zonas temperadas, ameaçando o abastecimento mundial de alimentos. A mudança climática resultante provocaria tempestades de vento forte, tufões, furacões e inundações.
Em uma grande guerra nuclear, estima-se que bilhões de pessoas, até a metade da população mundial total, seriam instantaneamente vaporizadas ou incineradas. A maioria do restante seria ferida, afetadas pela radiação, a exposição, fome e traumas psicológicos. Sem acesso a medicamentos ou tratamento muitos deles iria morrer. Os sobreviventes não seriam capazes de voltar a impor qualquer tipo de estabilidade e a raça humana seria reduzida à existência primitiva e necessitaria provavelmente de centenas de anos antes que os efeitos foram superados. Qualquer agressor nuclear seria claramente atingido, assim como o povo sob ataque.
Foi com esse cenário em mente que em julho de 2009, Mikhail Gorbachev disse que "os modelos feitos por cientistas russos e americanos mostraram que uma guerra nuclear resultaria em um inverno nuclear que seria extremamente destrutivo para toda a vida na Terra, o conhecimento disso foi um grande estímulo para nós, pessoas de honra e moral, para agirmos nessa situação.”


Fonte: http://www.helium.com

2 comentários:

Cleverson disse...

Acredito que 100 bombas como a de Hyroshima não causariam tanto estrago assim, a considerar que desde seu invento ja foram detonadas algumas MILHARES de ogivas por todo o planeta e nem por isso ocorreu um inverno nuclear.
TAlvez umas 100 bombas de uns 10 Megtons sim poderiam causar tal estrado.

Jonathan disse...

Realmente, soltar uma bomba aqui outra ali, nao fara tanta diferença, tanto por que o EUA já soltou algumas dezenas e a Russia Tambem...

O litle boy que é 100 vezes mais poderosa que da Hiroshima que fez um bom estrago...

Mas Como o Cleverson disso, se soltassem umas 100 de uns 10 megatons ao mesmo tempo... realmente seria devastador...

tanto por que em questão de destruição se for comparar a de hiroshima Destruiria 4 apenas bairros da grande São Paulo...

ao contrario da little boy que destruiria são paulo e a região metropolitana junto...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...