sábado, 11 de setembro de 2010

Os inacreditáveis peixes voadores

Peixes voadores vivem em todos os oceanos, especialmente em águas quentes tropicais e subtropicais. Sua característica mais marcante são suas nadadeiras peitorais, que são enormes, e permitem que o peixe escape dos predadores saltando para fora da água, dando vôos curtos, deslizando através do ar logo acima da superfície da água. Seus saltos são geralmente de cerca de 50 metros (160 pés).

Ao deslizar por cima da água, o peixe voador move sua cauda até 70 vezes por segundo, espalhando suas nadadeiras peitorais e inclinando ligeiramente para cima para fornecer uma maior velocidade.

No final de um deslize, ele dobra suas nadadeiras peitorais para reinserir no mar ou empurrar a água para levantar-se para outro deslize e possivelmente mudar de direção.

As nadadeiras desse peixe têm um formato aerodinâmico que é comparável às asas de um pássaro. Ele é capaz de aumentar seu tempo no ar, voando em linha reta ou em um ângulo criado por uma combinação de ar e correntes oceânicas.

O Genus Exocoetus tem um par de nadadeiras e um corpo aerodinâmico para otimizar a velocidade, enquanto o Cypselurus tem um corpo achatado e dois pares de nadadeiras, que maximiza o seu tempo no ar.

2 comentários:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

Etcetra disse...

O único peixe que realmente voa e não plana é o peixe-borboleta (Carnegiella strigata) que salva fora da água é bate as nadadeiras o que faz ele atingir uma distancia maior.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...