quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O venenoso Dendrobates tinctorius

O Dendrobates tinctorius (sapo garimpeiro) vive em florestas tropicais do Suriname, Guiana Francesa e norte do Brasil. Esta espécie faz parte de um grupo de anfíbios anuros (grupo formado por sapos, rãs e pererecas) bem “famosos” por terem a pele bastante colorida e muitos deles possuírem veneno, sendo alguns bastante tóxicos aos animais e ao homem. O mais tóxico que se conhece é o Phyllobates terribilis, da Colômbia, que pode levar à morte um ser humano em pouco tempo com apenas poucos gramas de veneno.
Eles podem atingir até 5 centímetros de comprimento, são ativos durante o dia e possuem hábitos terrestres. A dieta deles é baseada em insetos, como cupins e formigas, e pequenas aranhas. Estes anfíbios apresentam um complexo cuidado parental, no qual está envolvido um dos pais ou ambos. Os ovos (de 10 a 25) são depositados em poças d´água no chão ou em folhas de árvores, e são umedecidos por um dos pais até os girinos nascerem.
Após algumas semanas de incubação, os girinos nascem e geralmente se aderem ao dorso de um dos pais e permanecem lá até poderem ficar sozinhos na água. Eles se alimentam de protozoários e pequeninos crustáceos. A metamorfose (transformação do girino em adulto) dura entre 70 e 85 dias.
Animais mantidos em cativeiro tendem a perder a toxicidade de seu veneno, provavelmente pela perda de alguma fonte alimentar. O veneno de algumas espécies de dendrobatídeos é usado por tribos indígenas há séculos para embeber as flechas para caçar, pois a vítima fica paralisada e morre. Atualmente estão sendo estudados na fabricação de drogas no combate às dores. Chegam a viver aproximadamente 8 anos em cativeiro.


Fonte: http://www.zoologico.sp.gov.br

Um comentário:

marco antonio campos machado disse...

Olá Pessoal...estou tentando saber qual a razão do nome "garimpeiro" estou pesquisando na net mas até agora nada...caso vcs puderem me responder mande pelo e-mail
marco.machado.sp@bol.com.br
um forte abraço...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...