terça-feira, 23 de março de 2010

As 5 mães mais cruéis do mundo animal

1. Burying Beetle
A mãe besouro irá alimentar os seus filhos, um por um. Mas se o alimento for pouco, os filhotes não irão apenas ficar sem o alimento, mas eles serão comidos vivos por sua mãe. O besouro normalmente se alimenta do cadáver de um rato. A mãe besouro desova nos alimentos disponíveis (o corpo de um rato morto ). Então, para aumentar a chance de crescer todos os filhotes, o número de filhotes deve ser ajustado ao número de alimentos.
2.Panda
Mamãe Panda vai apenas tomar conta de um filhote. Se ela tiver mais de um filhote, o outro ficará sozinha na selva. Enquanto isso, o fiohote favorito crescerá saudável, com alimentos suficientes. O outro filhote vai ficar muito magro e doente.Para a mamãe Panda é realmente imposssivel fornecer alimentos suficientes para o segundo , assim durante o primeiro mês (quando o filhote Panda não pode procurar sozinho o seu alimento) o filhote que não recebe o alimento deve sobreviver por si, se não ele vai morrer.


3. Hamster
A mãe Hamster sempre tem muitos filhotes. Se o filhote não é perfeito e saudável a mãe vai comer o bebê vivo . Também é feito isso quando falta comida para a família .


4. Black Eagle
A mamãe Black Eagle não se importa com todos os seus filhotes. Não há um número grande de alimentos disponíveis e é difícil de ser encontrado. Assim, a mãe não se importa com os seus filhos, somente aquele filhote forte é que vai sobreviver.


5.Lebre
A Mãe lebre sempre deixa os filho te sozinhos. Nos primeiros 25 dias ela entra para alimentar os filhotes não mais do que 2 minutos por dia.O filhote é alvo fácil para o predador. Isso é o jeito da mãe tentar sobreviver. A maneira de fazer isso é sair do buraco do ninho. Após 25 dias, o filhote pode procurar sua própria comida.

Fonte:http://www.worldinterestingfacts.com

3 comentários:

Victorio disse...

gosto muito do seu blog amigo, abraço

W disse...

Interessante , parabéns! :D

JP disse...

Faltou o homo sapiens...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...